sábado, 29 de abril de 2017

.



é desesperador o insight que se tem ao perceber que o insignificante é mais do que isso. o sentimento que invade ao descobrir em si a mudança de estados, o espanto ao se ver indo de zero graus ao ponto de ebulição. em minutos. ou três segundos. agora é significante. e eu me pergunto se a escolha arbitrária dessa palavra não foi tão arbitrária assim. se não é só uma questão de ter significância mas também uma de ser apenas a minha impressão psíquica dos fatos. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário